Associação Brasileira de Estatística
22º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística - 2016

a) Reuniões Satélite

1º Encontro de Coordenadores de Curso de Graduação em Estatística

Inscrição Gratuita
Clique na figura abaixo para fazer a sua inscrição.


 

 

1ª Latin American Conference on Statistical Computing (LACSC)

 

O 1ª Latin American Conference on Statistical Computing (LACSC) é um evento satélite do 22ª  SINAPE e será realizado entre os dias 22 e 24 de julho de 2016. O tema da Conferência é “Statistical Computing for Data Science” e o evento ocorrerá no Centro de Eventos FAURGS, na cidade de Gramado (RS).  O programa científico contemplará palestrantes da América Latina, sessões temáticas, comunicações orais e posteres. 

Website: http://www.redeabe.org.br/lacsc2016 

 

 

b) Evento Satélite

Perspectivas e Desafios na Produção e Divulgação de Estatísticas Públicas no Brasil

 

Data: 26 de julho de 2016
Horário: 14h
Coordenadora: Profa.  Liane Werner - UFRGS

Palestrantes:

  • Rafael Caumo – Fundação de Economia e Estatística -  Rio Grande do Sul

Título: Estatísticas Oficiais: Desafios e Perspectivas

Resumo: As instituições produtoras de informações e estatísticas oficiais, contribuintes em processos de tomadas de decisão que vislumbram o desenvolvimento de uma população nos mais diversos aspectos, vêm encontrando um cenário de desafios que se evidencia recentemente. Na Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, com a Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), não tem sido diferente. Restrições orçamentárias, mudanças nas estruturas domiciliares e hábitos populacionais, rotatividade nas equipes de entrevistadores e de trabalho de campo, segurança pública, entre outros fatores, desafiam a qualidade das informações produzidas tanto em termos estatísticos metodológicos de acurácia e precisão quanto no que se refere à satisfação dos Princípios Fundamentais das Estatísticas Oficiais (PFEOs). Somado a isso, as características da demanda pelas informações têm se modificado, tornando-a cada vez mais exigente. Por exemplo, mais do que nunca tem se buscado informação oportuna, disponível no momento em que se sua utilidade é máxima, de metodologia sempre atualizada ao contexto socioeconômico vigente e que tenha capacidade de responder às necessidades pontuais locais e regionais. Para encarar estas questões, algumas alternativas têm sido não só discutidas na literatura como colocadas em prática pelo mundo. Nesse contexto, este estudo se propõe a identificar frentes de atuação e levantar e apresentar possibilidades de estratégias para o enfrentamento dessa problemática. Os caminhos vão desde alguns mais tradicionais – como a ampliação da utilização de registros administrativos e a “comercialização” das informações, entre outros – até novas possibilidades vislumbradas a partir da chegada da era digital, dos avanços tecnológicos e da “revolução dos dados” – como o fenômeno do Big Data, as web surveys, os web panels, entre outras. Após uma revisão da literatura, que perpassa todos esses aspectos citados e coloca alguns prós e contras nas alternativas levantadas, são expostos alguns exemplos de aplicações práticas assim como levantados alguns pontos norteadores para pesquisas futuras.

  • Rodrigo Coster –- ObservaPOA - Prefeitura de Porto Alegre

Titulo: Dificuldades encontradas pelo ObservaPOA para gerar estatísticas confiáveis de Porto Alegre

Resumo: Serão apontados as dificuldades encontradas pelo ObservaPOA para a geração de estatísticas confiáveis para Porto Alegre, como a falta de uma legislação atualizada da territorialização da cidade - e como isso acarreta tanto na geração de dados primários quando o uso de dados secundários. Além das dificuldades, serão também apresentadas as soluções encontradas pela equipe para contorná-las.

 

  • Marcelo Pitta - Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação - Cetic.br.

Título: Estatísticas TIC no Brasil: metodologias para produção de estatísticas públicas pelo Cetic.br

Resumo: A natureza transversal das tecnologias de informação e comunicação (TIC) afetam diversas áreas da sociedade, portanto a medição e produção de dados sobre o acesso e uso dessas tecnologias se tornaram fundamentais para a elaboração e monitoramento de políticas públicas que fomentam o seu uso. Essas tecnologias são utilizadas por empresas, governo, escolas, hospitais e a população em geral. Nesse contexto, o Cetic.br conduz pesquisas nacionais sobre a infraestrutura, penetração e uso das TIC no Brasil, produzindo dados regulares que são utilizados por gestores públicos, pesquisadores acadêmicos e público em geral. Essa apresentação tem por objetivo apresentar uma visão geral das metodologias e das pesquisas TIC conduzidas pelo Cetic.br, discutir os principais desafios técnicos e metodológicos e descrever novos experimentos que utilizam dados e modelos de coleta de dados utilizando bases de Big Data.

 

  • Denise Britz do N. Silva – ENCE/IBGE

Titulo: Big data: desafios para a produção de estatísticas oficiais

Resumo: As estatísticas oficiais são indispensáveis ​​para uma sociedade democrática. Os Princípios Fundamentais das Estatísticas Oficiais (PFEOs) abrangem aspectos importantes da produção, disseminação e uso das estatísticas oficiais como a pertinência, a imparcialidade, a transparência, os padrões profissionais, os princípios científicos e as fontes de dados. Institutos Nacionais de Estatística e agências produtoras de estatísticas públicas enfrentam o desafio de produzir estatísticas relevantes e com rapidez, num ambiente de crescente restrição orçamentária e na era da sociedade da informação.  Neste cenário, é importante considerar como incorporar os potenciais avanços e vantagens do Big Data no ambiente das estatísticas oficiais, considerando os compromissos com a confiança pública e os PFEOs. A apresentação tem como foco a discussão atual sobre o assunto, compara as fontes tradicionais de estatísticas oficiais (censos, pesquisas por amostragem e registros administrativos) com aquelas decorrentes de Big Data, levantando as questões relacionadas com viés de seletividade, reprodutibilidade e governança dos dados.

Resumo do evento satélite

A produção de informações e estatísticas públicas tem crescido e se diversificado para atender à contínua demanda por conhecer a realidade econômica, social e ambiental de países, regiões e grupos populacionais. Ao mesmo tempo, os orçamentos de organizações produtoras dessas informações e estatísticas têm sofrido pressões cada vez maiores. Uma consequência dessas duas tendências tem sido a busca incessante por aumento de produtividade em seus processos de produção, análise e disseminação de informações. Outra consequência tem sido a tentativa de ampliar os usos que se pode fazer das informações já coletadas e disponíveis para responder as demandas que se apresentam. Dada a centralidade e a relevância das estatísticas públicas para o desenvolvimento da sociedade brasileira, a sessão propicia um espaço para discussão e apresentação de desafios e iniciativas inovadoras na produção e divulgação de estatísticas púbicas no Brasil.

 

 

c) Evento Satélite

Rmeeting - RS R User Group

Data: 27 de julho de 2016
Horário: 8 h

9:00 - 10:00 ShowR
João Batista Gonçalves de Brito
Especialista em Métodos Quantitativos - FAMAT-PUCRS

10:30 - 11:30 Startup Indexer
Filipe Jaeger Zabala
Mestre em Estatística - IME-USP

Resumo: O Startup Indexer é um índice para classificação de Novos Projetos criado em RStudio. É baseado em princípios ordenados por prioridade. Cada princípio possui uma ordem equivalente à sua pontuação. UseRS têm sua pontuação homologada online nos itens de Comprometimento e Valoração.
The Startup Indexer is an index for New Projects classification built on RStudio. Is based on principles prioritized. Each principle has an equivalent order to your score. UseRS have their online homologated score in items Commitment and Valuation.


14:00 - 15:00 Estimação do valor futuro de cada cliente
Rodrigo Heldt Silveira
Mestre em Marketing - EA-UFRGS

15:00 - 16:00 Gestão do portfolio de clientes
Cleo Schmitt Silveira
Doutora em Marketing - EA-UFRGS

Resumo: A gestão de clientes é um processo que envolve a tomada de decisões estratégicas, que influenciam a composição do portfólio de clientes da companhia, e operacionais, que afetam o relacionamento dos clientes com a empresa no dia a dia. Apresentaremos um framework em R que propicia a integração dessas duas perspectivas e permite aos gestores alocarem melhor os recursos de marketing, por possibilitar (a) o incremento da eficiência da carteira de clientes, a partir da sua otimização, e (b) a identificação dos clientes mais propensos a gerarem lucros futuros, com base na modelagem de customer lifetime value (CLV) sugerida. O framework de gestão de clientes inclui a avaliação do risco e possibilita aos gestores uma visão holística do negócio e particular de cada cliente.


16:30 - 17:30
Cristofer Weber
Mestre em Ciência da Computação – PPGCC-PUCRS e Data Scientist @ NeoGrid

 

d) Satélite D - SAS e as tendências de mercado analítico

Data : 29 de julho
Horário: 8h


Palestrante: Adriana Maria Marques da Silva

 

Resumo: O mundo de analytics, machine learning e big data está cada vez mais em evidência. A apresentação resumirá a visão do SAS além de mostrar casos reais em empresas.

Voltar